Aqui haverá postagens interessantes sobre vários assuntos, alguns é claro, polêmicos, para provocar debates. Obrigado pela visita, tenha uma agradável leitura! Obs. Desaconselhável para menores de 16 anos, por conter palavras inapropriadas e/ou temas adultos!



WEB

Carregando...

segunda-feira, 18 de junho de 2012

LOCALIZADOS OS RIOS PISOM E GIOM DO JARDIM DO ÉDEN!


Ilustração:
http://noviciadonj.blogspot.com.br/2011/07/introducao-ao-pentateuco.html



Assim está escrito na Bíblia:
"E o SENHOR Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida; e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal. E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços. O nome do primeiro é Pisom; este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro. E o ouro dessa terra é bom; ali há o bdélio, e a pedra sardônica. E o nome do segundo rio é Giom; este é o que rodeia toda a terra de Cuxe. E o nome do terceiro rio é Tigre; este é o que vai para o lado oriental da Assíria; e o quarto rio é o Eufrates". Gênesis 2:9-14 (grifo meu)


Ilustração:

Com  relação últimos dois rios, que saíam do Jardim do Éden, não há nenhuma dúvida, Tigre e Eufrates, ficavam na Mesopotâmia quer dizer isso mesmo, entre dois rios. Ficam atualmente no país conhecido como Iraque, os quais desembocam no Golfo Pérsico, Oriente Médio. Mas e com relação aos rios Pisom e Giom, onde é que ficam?  A autoria do pentateuco, ou seja, os cinco primeiros livros da bíblia são atribuídos a Moisés. Moisés veio muito depois de Noé, isto é, após a ocorrência do Grande Dilúvio que encobriu toda a Terra. Moisés descreve o Jardim do Éden, e o delimita geograficamente, mas por alguma razão somente os Rios Tigres e Eufrates são conhecidos até os dias de hoje, o  mesmo não acontecendo com os rios Pisom e Giom. Existiram esses dois rios? E se realmente existiram, onde eles estão? Teria o dilúvio encoberto eles? Então porque não encobriu também o Tigre e o Eufrates? E se estavam encobertos, como Moisés sabia da existência desses dois rios na era pré-diluviana?


Ilustração:


As orientações de  Moisés quanto ao lugar exato do Jardim do Éden são muito precisas, como por exemplo,  afirmar que o Rio Tigre "...  este é o que vai para o lado oriental da Assíria...", ou seja, descreve exatamente o local onde hoje o conhecemos, quanto ao Rio Eufrates deveria ser tão conhecido já naquela época que ele nem fez menção de informar a sua localização geográfica.  Contudo apesar da descrição geográfica onde ficam os rios Pisom e Giom, ainda persiste a dúvida de sua exata localização.
  

Ilustração:

Assim, como Moisés descreveu a localização exata dos Rios Tigre e Eufrates, também descreveu a localização exata dos Rios Pisom e Giom, sendo Pisom  "...que rodeia toda a terra de Havilá..." e Giom "...que rodeia toda a terra de Cuxe...", mas onde eles estão? Onde fica esta terra de "Havilá" e a terra de "Cuxe"?  Apesar de que isso em nada irá afetar a fé das pessoas, de que Jesus Cristo veio a este mundo, para morrer em nosso lugar, por nossos pecados, já que o salário do pecado é a morte.  (grifo meu)

Ilustração:


Mas parece que com o uso da tecnologia existente, como satélites, GPS, arqueologia, escavações etc, foi possível saber a provável localização desses rios:
"Satélites mostram outro rio fóssil, totalmente encoberto pela areia do deserto de Rub Al Khali, indo do sul da Península Arábica e desaguando no Golfo Pérsico.   No passado o rio Pisom era cheio de água, mas hoje só há areia.  E a ultima peça para fechar esse mistério, está no clima do planeta.  Há muito tempo atrás, o nível do mar era muito mais baixo e o Golfo Pérsico era um vale fértil, acima do mar. Ou um “jardim” fértil, que contava com água suficiente para criar as condições descritas no Gênesis. Atraindo vida, animal e vegetal em abundancia. De onde o homem poderia viver caçando e coletando alimentos sem migrações constantes. Mas com o fim da era glacial e o conseqüente degelo, os mares e rios de origens em montanhas subiram rapidamente de nível. O Jardim do Éden, no meio do Golfo Pérsico, foi atacado pelas águas vindas dos rios de um lado, ao mesmo tempo em que o mar avançava".

Ilustração:

Finalmente as respostas foram encontradas.   Os rios  Giom teriam desaparecidos em face do degelo causado pelo fim da era glacial, o que fez com que aumentasse o nível do mar e o rio ficasse submerso, enquanto que o outro rio, o Pisom, hoje estaria todo encoberto por dunas e mais dunas de areia.  Até a próxima postagem!