Aqui haverá postagens interessantes sobre vários assuntos, alguns é claro, polêmicos, para provocar debates. Obrigado pela visita, tenha uma agradável leitura! Obs. Desaconselhável para menores de 16 anos, por conter palavras inapropriadas e/ou temas adultos!



WEB

domingo, 9 de julho de 2017

INTER 1X1 CRICIÚMA, FRACASSO TOTAL

Olha o que eu previ, sem nenhuma bola de cristal, o que aconteceria no jogo entre Inter x Criciúma: 

 
http://www.tarotonlinegratis.com.br/interativos/Vidente_do_Amor/index.asp

"No próximo sábado, o Inter fará pela n-ésima vez em dois anos, a alegria da torcida adversária, e isso dentro do Beira-Rio. Após a partida, ao se olhar para o campo, teremos quase a certeza de que o furacão Katrina passou ali. Bancos, arrancados e atirados nos jogadores, bombas de efeitos morais, esquadrão de choque e o escambau, tudo por que o Inter insiste em jogar na retranca contra as equipes da série B dentro de casa". 
 
Pelo menos para mim, não é mais surpresa as bostas que o Inter faz em campo, e agora principalmente jogando dentro do Beira-Rio, contra equipes de segundo escalão.  Há muito que o Inter treina em fazer a alegria da torcida adversária, é mestre, é PHD em fazer isso. Quanto mais a torcida empurra o time, mais passa raiva, pois a equipe não corresponde em campo. Muito pelo contrário, é irritante ver o Inter jogar. É nojento. Dá sono. Um jogo de patetas. O Furacão katrina também acertei. Já faz quase um mês que o encerramento de jogos dentro do beira-Rio é marcado por quebra-quebra, confrontos com policiais, seguranças privados etc, e tudo porque o Inter não muda a sua forma medrosa de jogar. É um time covarde, medroso, assustado, sem a mínima chance de retornar a série A em 2018, estando mais perto da série C do que mesmo permanecer na B. O "time grande que nunca cai", dessa vez pode ser trocado para o "time grande que nunca sobe". A incapacidade fica a cada partida mais acentuada. Não chuta a gol, nem aqui, nem na China, e na verdade nem sabe o que é isso.




 
https://twitter.com/IIgabriels


 
"A torcida não aguenta mais tantas apresentações pífias, sem interesse. É sempre bola para o lado, para trás e nada de chutar ao gol adversário. Jogadas sem criatividade, sem entrosamento, onde não se acerta um passe de cinco metros por jogadores tidos como profissionais. O Boa Esporte, com um jogador a menos, botou o Inter na roda, encurralando-o dentro de seu próprio campo, e venceu a partida. Os jogadores após mais um fiasco de proporções homéricas, tentam explicar o inexplicável. Aliás, ao Inter não cabe mais desculpas há muito tempo. Então, arma-se a equipe mais para não perder, do que para ganhar e não dá outra, a derrota acontece. É tão simples. É só colocar a equipe para frente, marcando no campo adversário e não esperando em seu próprio campo, qual é?
 
 
   
https://www.facebook.com/humoresportivooficial/photos
 
Essa parte da minha previsão também se comprovou. O Inter não pode reclamar da sorte, nem de árbitro nem de nada, afinal o gol do Criciúma aconteceu nos primeiros minutos do primeiro tempo, deixando assim, o Inter com praticamente 90 minutos para reverter a situação, mas sendo uma equipe sem capacidade, um time de patetas em campo conduzidos pelo ex-técnico Guto, como reverter o quadro? Então foram para o intervalo. Aliás, quando aconteceu o intervalo, eu percebi mais uma situação esquisita. O Inter foi para o interVALO, interPRECIPÍCIO, interBURACO dá tudo na mesma. Por outro lado, o árbitro, deu 5 minutos após os 90 minutos de jogo, um acréscimo muito estranho, pois não houve nada que justificasse tanto tempo assim, e foi nesse acréscimo que o InterBosta conseguiu marcar e assim amenizar um pouco os ânimos de boa parte da torcida que já amargava outra derrota em casa, mas outros grupos de torcedores mais exigentes não deixaram por menos e fizeram aquilo que todo mundo já sabia que ia acontecer. Não precisa de nenhum segurança privado, de nenhuma força policial extra, basta que o time jogue, só isso. Quando é que eles vão entender esse assunto? Perder dentro de casa faz parte do jogo, mas perder jogando bem, contra equipes grandes, jamais perder ou mesmo empatar em casa, para equipes de menor potencial ofensivo, porque isso gera revolta e se tornar a repetir será uma bola de neve não irá parar de crescer.


 
https://www.facebook.com/606569302712164/photos/rpp.606569302712164/1387709824598104/?type=3&theater

"Já o Criciúma, que conhece e bem o Inter, se optar em respeitar pode até perder por ajuda do árbitro, mas se partir para cima, ninguém tira os três pontos do Cricúma no Beira-Rio. Segundo notícias, o ex-Técnico Guto mantém indefinição no ataque Colorado para essa partida. O que se pode esperar? Com as ridículas apresentações do Inter, não era para ter indefinição nenhuma. Era para escalar o que se tem de mais ofensivo e pronto. Mas nada disso deverá acontecer. O Inter entrará em campo, muito mais fechado ainda do que jogou contra o Boa Esporte, procurando não perder outra vez, ao invéz de ir para cima e tentar vencer a partida".  

 O Inter que só treinava de 10 a 15 minutos por dia, segundo declarações do ex-técnico Guto, começou a fazer muito mais palhaçada após esse tempo de treinamento ter sido aumentado para uma semana inteira, por exemplo. Então, pode-se concluir que, pelo menos lá pelas bandas do Beira-Rio, quanto mais se treina, pior se fica. Era melhor até mesmo tirar qualquer forma de treinamento, quem sabe assim o Inter não jogasse mais?

  
 http://www.futebolpiada.com.br/inter-no-g4


O ex-Técnico Guto esta testando várias formações nos treinamentos, podem apostar que será contemplada a formação mais retranqueira, nada de muita agressividade no ataque não, isso é para equipes competentes. 

Justiça seja feita, eu errei a previsão acima. Até que o ex-técnico Guto deu uma dentro, conseguiu colocar no papel uma equipe interessante e até com a escalação do Cláudio Winck. Também houve uma pequena, micro evolução, ainda que insignificante, mas foi uma evolução no que diz a saída de bola no primeiro tempo, onde o Inter saiu dando um balão para frente na tentativa de criar um ataque logo de início. Deu errado, é claro, mas foi uma mudança. Cláudio Winck abraçou o seu tio Luiz Carlos Winck técnico do Criciúma.  Esse era o técnico que deveria estar no lugar do ex-técnico Guto, já que querem apostar nesse ou aquele, então porque não o Luiz Carlos Winck?


 

 http://interpiada.blogspot.com.br/2015/08/time-lixo.html

E por último, acertei quando mencionei que era para os colorados preparem os seus lenços.  Gostei da atuação de Cláudio Winck, apoia muito mas não tendo ninguém na área para receber seus cruzamentos, todo o seu esforço fica desperdiçado. Outro fato a pinçar dessa partida foi que na primeira chance que o Criciúma teve de ataque, veio para marcar. Isso é eficiência. Já o gol do Inter tendo saído após os 90 minutos de jogo, isso é deficiência. Depois de tanta desgraça produzida por essa trupe, parece que a direção teve uma luz a iluminar os seus cérebros e irá buscar um centroavante de ofício. Já que ao longo dos anos, dispensou Alexsandro, Rafael Moura, Jô, Gilberto, Nilmar e etc., todos fazendo gols em suas equipes. Enquanto isso, vemos outras quipes contratarem Rafael Sóbis, Robinho, Diego Souza, Éverton Ribeiro, etc Até a próxima postagem!