Aqui haverá postagens interessantes sobre vários assuntos, alguns é claro, polêmicos, para provocar debates. Obrigado pela visita, tenha uma agradável leitura! Obs. Desaconselhável para menores de 16 anos, por conter palavras inapropriadas e/ou temas adultos!



WEB

terça-feira, 11 de julho de 2017

ABERTA INSCRIÇÕES PARA CONCURSO NACIONAL DE JUIZ DO TRABALHO SUBSTITUTO DE 04/07 A 02/08/2017


 
http://gcn.net.br/noticias/354209/empregos/2017/06/tst-pode-publicar-edital-para-concurso-ate-agosto


A Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho – ENAMAT, realizará de 04 de julho a 02 de agosto de 2017, as inscrições para o I CONCURSO PÚBLICO NACIONAL UNIFICADO PARA INGRESSO NA CARREIRA DA MAGISTRATURA DO TRABALHO, de provas e títulos para provimento de cargos de Juiz do Trabalho Substituto, com base nas instruções constantes da Resolução nº 75, de 12 de maio de 2009, do Conselho Nacional de Justiça e Resolução Administrativa nº 1.861, de 28 de novembro de 2016, do Tribunal Superior do Trabalho. 
O Concurso será executado em cinco etapas, com o apoio das Comissões Examinadoras e a assessoria técnica da Fundação Carlos Chagas, na seguinte ordem:
I – primeira etapa – uma prova objetiva seletiva, de caráter eliminatório e classificatório; 
II – segunda etapa – duas provas escritas, de caráter eliminatório e classificatório:
a) prova escrita discursiva;
b) prova prática, consistente em elaboração de uma sentença trabalhista;
III – terceira etapa – de caráter eliminatório, com as seguintes fases:
a) inscrição definitiva;
b) exame de sanidade física e mental;
c) sindicância da vida pregressa e investigação social;
IV – quarta etapa – prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
V – quinta etapa – avaliação de títulos, de caráter classificatório. 



Sendo que a primeira etapaserá realizada em cada uma das 24 cidades-sedes dos Tribunais Regionais do Trabalho. Já as etapas segunda, terceira serão realizadas em Brasília-DF.  
 Serão abertas inicialmente 132 vagas  O valor do subsídio do cargo de Juiz do Trabalho Substituto na Justiça do Trabalho, na data de publicação deste Edital, é de R$ 27.500,17 (vinte e sete mil, quinhentos reais e dezessete centavos). 

Todos os questionamentos relacionados ao Edital deverão ser encaminhados ao Serviço de Atendimento ao Candidato – SAC, da Fundação Carlos Chagas, por meio do Fale Conosco, no endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br ou pelo telefone (0XX11) 3723-4388, de segunda a sexta-feira (em dias úteis), das 10 às 16 horas (horário de Brasília). 
http://www.enamat.gov.br/wp-content/uploads/2017/03/EDITAL_ENAMAT.pdf

 
https://www.juriscursos.com.br/Texto.aspx?id=11


Essa era uma reivindicação antiga na qual o Concurso para Juiz do Trabalho fosse unificado finalmente vai acontecer. Deveria na mesma linha de raciocínio ser também extendida aos técnicos e analistas judiciários de todo o país. Pois apesar de ser Federal, os concursos dos Tribunais Regionais do Trabalho são regionais, o que faz com que quem passe por exemplo como analista judiciário no TRT da 11ª Região Amazonas e Roraima, não possa ser transferido para o TRT da 4ª Região Rio Grande do Sul. Vejam que os servidores da Receita Federal, INSS, IBAMA, INCRA podem ser deslocados após algum tempo de exercício em determinada localidade para outro Estado da Federação. Para mim o nome  do Tribunal Regional do Trabalho deveria ser Tribunal Federal do Trabalho ou na pior das hipóteses Tribunal Regional do Trabalho que no caso deveria abranger uma quantidades considerável de Estados, assim como é no Tribunal Regional Federal da 1ª Região por exemplo, o qual abrange os Estados de Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Pará, Rondônia, Mato Grosso, Maranhão, Bahia, Goiás, Tocantins, Minas Gerais, Piauí e do Distrito Federal. Desejo boa sorte aos concurseiros de todo o Brasil. A dica para a primeira etapa é estudar muito, dedicação total, muita concentração, focar no objetivo e estabelecer metas já para as demais etapas a dica é praticar exaustivamente até aproximar-se da perfeição. Até a próxima postagem!