Aqui haverá postagens interessantes sobre vários assuntos, alguns é claro, polêmicos, para provocar debates. Obrigado pela visita, tenha uma agradável leitura! Obs. Desaconselhável para menores de 16 anos, por conter palavras inapropriadas e/ou temas adultos!



WEB

Carregando...

sábado, 9 de março de 2013

XUXA X PASTOR DEPUTADO MARCOS FELICIANO!

http://www.ebc.com.br/noticias/politica/2013/03/pastor-marcos-feliciano-devera-presidir-comissao-de-direitos-humanos-e

A questão do Deputado Pastor Marcos Feliciano em assumir a Comissão dos Direitos Humanos da Câmara dos Deputados está em volta a polêmicas, tudo porque o pastor é acusado de ser racista e homofóbico, além de outras qualidades negativas. Entre as suas qualidades negativas está esta pérola: "Feliciano chegou a afirmar que "o amor entre pessoas do mesmo sexo leva ao ódio e ao crime" e que "os africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé"*. Porém, retomou as rédeas do discurso para dizer que: "O trabalho que será realizado nesta comissão provará que eu não sou homofóbico e nem racista", declarou Feliciano ter seu nome confirmado como presidente da comissão"*. *Fonte:http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2013/03/07/pastor-marcos-feliciano-presidira-comissao-de-direitos-humanos-e-minorias.htm

http://euqueacho.com.br/xuxa-e-seu-futuro-incerto-na-globo/

A apresentadora Xuxa por sua vez criticou o Deputado pelo facebook, e "encampou", podemos assim dizer, uma tênue campanha contra a eleição dele para a presidência da Comissão: "Esta pessoa não pode ser presidente da Comissão de Direitos Humanos. Ele não pode ter este espaço para usar, pisar e denegrir o ser humano, desabafou. A publicação feita por Xuxa foi compartilhada por mais de nove mil de seus seguidores".
Fonte:
http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2013/03/08/xuxa-diz-que-pastor-eleito-presidente-da-comissao-de-direitos-humanos-e-um-monstro.jhtm

http://noticias.gospelmais.com.br/pastor-marco-feliciano-presidente-comissao-direitos-humanos-minorias-50795.html

Se Xuxa está certa ou não, não importa, o que importa mesmo é o comentário, com muita propriedade, diga-se de passagem, que o sr Luiz Antônio Curci, fez sobre a declaração da Xuxa, e que  transcrevo na íntegra e com o qual eu concordo plenamente: 

"Não estou aqui para defender o Deputado Marcos Feliciano, mas engraçado que não vejo a dona Chucha e outras celebridades se manifestando, contra a eleição do senador Renan Calheiros ou do senador José Sarney, com todas as suas lambanças e comprovadas canalhices. Ao senhor deputado Marcos Feliciano é dado o direito de exercer seu mandato e se ficar comprovado" não é assim que a imprensa e as celebridades dizem " tire ele do cargo, mas por favor não vem com hipocresia não, que voçes celebridades mamam na teta do governo e na hora que devem se expressar não o fazem por interesse, agora como o referido deputado é peixe míudo, e não atrapalha seus interesses voçes o atacam, amanhã se ele pisar na bola eu vou a publico me manifestar contra, mas até lá, ele tem o direito de exercer o seu cargo". 
Fonte: 
http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2013/03/08/xuxa-diz-que-pastor-eleito-presidente-da-comissao-de-direitos-humanos-e-um-monstro.jhtm


http://www.luiscardoso.com.br/politica/2012/10/adeus-lobao-sarney-fecha-com-renan/


O que se comenta do Senador  Renan Calheiros: 
"Acuado pela mídia e por parte dos senadores, Calheiros renunciou à presidência do Senado em 2007. Era acusado de ter seus gastos pessoais, inclusive a pensão para sua ex-mulher Mônica Veloso, pagos pelo lobista Cláudio Gontijo, da empreiteira Mendes Júnior. Era suspeito também de usar laranjas para controlar duas empresas de rádio e um jornal no seu estado numa sociedade oculta com o usineiro João Lyra. Mônica Veloso foi parar na capa da Playboy. Enquanto isso, Renan submergia. Seus aliados agiram para preservar os direitos políticos dele, que acabou mantendo seu cargo em votações secretas, apoiado pela maioria dos seus colegas que não ousavam defende-lo em público. Foram quase cinco anos longe do centro dos noticiários. Com raras entrevistas, ele frequentou as colunas políticas com sua atuação nos bastidores. Foi alvo de mais acusações durante o escândalo dos atos secretos, estourado em 2009, no qual era suspeito de favorecer aliados em publicações ocultas. Hoje, de volta aos holofotes, volta a ser alvo de novas e velhas suspeitas. Enquanto agia discretamente pela sua eleição durante o mês de janeiro, a PGR (Procuradoria-Geral de República) pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) a abertura de um inquérito para investigar supostas irregularidades na abertura de uma estrada dentro de uma reserva ambiental para uma de suas empresas, a Agropecuária Alagoas. Além disso, a revista Veja mostrou, em reportagem, que o alagoano usa dinheiro do Senado para alugar um escritório na capital do seu estado, Maceió".
Fonte:
http://www.cartacapital.com.br/politica/a-volta-de-renan-calheiros/

E o que se comenta do Senador Sarney:

Honoráveis Bandidos
http://livraria.folha.com.br/catalogo/1024925/honoraveis-bandidos

"Neste livro finalista do premio Jabuti 2010 na categoria reportagem, um dos jornalistas mais respeitados do país conta os bastidores do surgimento, enriquecimento e tomada do poder regional pela família Sarney. Do Maranhão ao Senado, o livro mostra os cenários e histórias protagonizadas pelo patriarca que virou presidente da República por acidente, transformou o Maranhão no quintal de sua casa e beneficiou amigos e parentes. Com 50 anos de vida pública, o político mais antigo em atividade no país enfrenta escândalos e a opinião pública. É a partir daí que o livro puxa o fio da meada, utilizando as ferramentas do bom jornalismo investigativo. Sempre com muito bom humor, o jornalista faz um retrato do Brasil na era Sarney, os mandos e desmandos do senador e seus filhos, no Maranhão e no Congresso Nacional".
Fonte: 
http://livraria.folha.com.br/catalogo/1024925/honoraveis-bandidos


http://brasildiario.com/

Só o tempo dirá quem está certo. Mas independentemente disso, creio que, conforme o comentário do sr Luiz, transcrito acima, outras ditas "campanhas" contra os "mesmos de sempre", também deveriam ser objeto de críticas por parte das celebridades, pois enquanto que aquele deputado parece ter atitudes contra a minoria, esses senadores tem atitudes contra a grande maioria do povo brasileiro e ninguém toma a frente em pelo menos de questioná-los. Até a próxima postagem!